ELETRI CAR

ELETRI CAR

DIANA, SACOLÃO NEIDE E FILHO

DIANA, SACOLÃO NEIDE E FILHO

ANUNCIANTES JULHO

ANUNCIANTES JULHO

BOI NÃO BERRA WAGNER SANTOS

BOI NÃO BERRA WAGNER SANTOS

BALNEÁRIO PIRAPORA

BALNEÁRIO PIRAPORA

MADEIREIRA MOVELAR E DROGARIA PREÇO BAIXO

MADEIREIRA MOVELAR E DROGARIA PREÇO BAIXO

SKEMA 10 SET

SKEMA 10 SET

quarta-feira, 22 de março de 2017

PT CRIA ATRITO E PMDB DESISTE DE CARGO

DEPUTADO JOÃO MADISON IRÁ DEVOLVER O COMANDO DO PROGRAMA DE COMBATE À POBREZA RURAL (PCPR) AO GOVERNADOR WELLINGTON DIAS (PT)
RedaçãoPiracuruca - PI
Postada em 21/03/2017 ás 14h33
PT CRIA ATRITO E PMDB DESISTE DE CARGO
João Madison deve entregar cargo após um dia da posse do sobrinho (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)
Menos de 24 horas depois da posse, o advogado Leonardo Sobral, sobrinho do deputado João Madison (PMDB), deixa o comando do Programa de Combate à Pobreza Rural (PCPR). A decisão foi tomada após atritos de interesses com o PT, partido do governador Wellington Dias (PT).

O PCPR estava inativo desde o governo de Wilson Martins (PSB), em 2011, e agora Wellington Dias resolveu reativar o programa. O PT esperava que o secretário do Desenvolvimento Rural, Francisco Limma (PT), fosse o responsável pelo PCPR, mas a decisão de passar a pasta para o PMDB não foi bem aceita.

Houve protestos e a decisão da SDR de manter em funcionamento de uma estrutura com ação semelhante ao PCPR foi considerada como uma afronta pelo deputado João Madison, responsável por indicar o sobrinho para o cargo. O receio é que o programa perca a autonomia para trabalhar.

O nome de Leonardo sofre forte rejeição por João Madison ser ligado ao agronegócio. Para os petistas e movimentos ligados a terra, Wellington estaria colocando a raposa para cuidar do galinheiro.

Sem acordo entre PT e PMDB, João Madison deve entregar o cargo nas próximas horas. O governador Wellington Dias será chamado para tentar conter os ânimos entre petistas e peemedebistas. 
FONTE: Politica Dinâmica

Nenhum comentário:

Postar um comentário