ELETRI CAR

ELETRI CAR

DIANA, SACOLÃO NEIDE E FILHO

DIANA, SACOLÃO NEIDE E FILHO

ANUNCIANTES JULHO

ANUNCIANTES JULHO

BALNEÁRIO PIRAPORA

BALNEÁRIO PIRAPORA

MADEIREIRA MOVELAR E DROGARIA PREÇO BAIXO

MADEIREIRA MOVELAR E DROGARIA PREÇO BAIXO

SKEMA 10 SET

SKEMA 10 SET

terça-feira, 27 de outubro de 2015

TRISTE SITUAÇÃO DE DESCASO REVOLTA MORADORES DA LOCALIDADE ITAPECURU E REGIÕES CIRCUNVIZINHAS


É triste a realidade dos moradores da localidade Itapecuru e regiões circunvizinhas. Tal realidade se dá  pela falta d'água. É público e notório que tal problema assola a comunidade de Itapecuru e região há muitos e muitos anos;  e muito pouco é feito  por parte dos gestores públicos que passam pelo município de Cocal.

Os moradores da região vivem um verdadeiro pesadelo. Pois são obrigados a se deslocarem  a outras localidades que detém tal recurso tão precioso, "A ÁGUA".  Muitos dos moradores sem condições de se deslocarem em busca de água por falta de transporte, são obrigados a pagarem pelo deslocamento e armazenam água em tambores para o uso em geral. 

NA LOCALIDADE EXISTEM 02 POÇOS PERFURADOS, MAS ABANDONADOS (A atual gestão nunca construiu o chafariz público )

Duas lagoas que existiam na região secaram ( foto acima: Lagoa  )

Vasilhas para armazenamento de água 

Poço artesanal do Lamaçal - Itapecuru (Completamente seco, mas mesmo assim diante da dificuldade pessoas são obrigadas irem em busca da pouca água - uma lama que ainda existe no poço)

Vasilhames  para armazenamento de água
Em visita à várias casas, os moradores demonstram a  enorme tristeza que sentem pela dificuldade que encontram para adquirir um bem tão precioso e vital para a sobrevivência humana. Tais moradores denunciaram o sentimento de abandono e desprezo  por parte do gestor do município em relação ao problema da falta d'água. Uma vez que   foram perfurados 02 (dois) poços, sendo que 01 (um) deles nunca fora equipado e o outro encontra-se quase sem utilidade pelas péssimas condições de instalação. 

De forma, que tais poços  até o dia da visita à região ainda não tinha sido  construído os chafarizes que melhorarão o acesso a água para os moradores da região.

AGORA, O QUE MUITO CAUSOU SURPRESA AOS MORADORES FOI SABER O VALOR QUE O MUNICÍPIO DE COCAL RECEBEU REFERENTE A DOIS CONVÊNIOS PARA A CONSTRUÇÃO DE SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM ÁREAS RURAIS



O valor dos dois convênios é de R$ 2.704. 844,68 (dois milhões, setecentos e quatro mil, oitocentos e quarenta e quatro reais e sessenta e oito centavos).

Portanto, não há uma justificativa aceitável para que a população   ainda sofra  demasiadamente com a falta d'água.  Tal demora para resolver um problema nessas proporções, denota DESCASO E ABANDONO, com a real necessidade do povo. 

Diante do exposto, faz -se necessário o seguinte questionamento: 

O QUE REALMENTE É PRIORIDADE EM UMA GESTÃO PÚBLICA: SANAR A REAL NECESSIDADE DO SEU POVO, OU SIMPLESMENTE CONSTRUIR OBRAS E MAIS OBRAS COM VALORES EXORBITANTES QUE TALVEZ NÃO SEJAM PRIORIDADE?

É importante ressaltar que obras e desenvolvimento é de suma importância, porém faz-se mais importante ainda suprir necessidades vitais para a sobrevivência humana, como água, energia elétrica, saúde, educação, entre outros.  

Por inúmeras sessões a vereadora Prof.ª Adriana questionou à líder do governo da atual gestão sobre a aplicação deste recurso. Quantos poços equipados com chafariz haviam sido perfurados? Quais os valores? E em quais localidades? - Mas infelizmente a vereadora Adriana nunca teve resposta para tais questionamentos. 


BLOG DA VEREADORA ADRIANA LUIZA

Um comentário:

  1. Um amigo, na Itália, me perguntou pós ler esta publicação: " Porquê nos vinte e três anos que se passaram vocês só perceberam essa situação calamitante, agora?"... - Sem palavras

    ResponderExcluir