ELETRI CAR

ELETRI CAR

DIANA, SACOLÃO NEIDE E FILHO

DIANA, SACOLÃO NEIDE E FILHO

BALNEÁRIO PIRAPORA

BALNEÁRIO PIRAPORA

MADEIREIRA MOVELAR E DROGARIA PREÇO BAIXO

MADEIREIRA MOVELAR E DROGARIA PREÇO BAIXO

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Ex-prefeito e empresário são presos por desvio de dinheiro público em operação da PF

A ação da Polícia Federal deflagrada no Piauí foi batizada como Operação Pastor.

A Polícia Federal no Piauí deflagrou nas primeiras horas desta quarta-feira (21) a Operação Pastor. A ação policial tem como objetivo investigar o desvio de recursos públicos nos municípios de São Raimundo Nonato e Dom Inocêncio, localizados na região Sudeste do Piauí. Até o momento, foram confirmadas as prisões do ex-prefeito de Dom Inocêncio, Inocêncio Leal, e o empresário Décio de Castro Macêdo, de São Raimundo Nonato.

A Operação Pastor está sendo coordenada pelo delegado Albert Moura, que acompanha os cumprimentos de mandados de prisão e mandados de buscas e apreensões nas duas cidades. De acordo com o delegado, às10h30min a Polícia Federal vai divulgar mais informações sobre a operação em uma entrevista coletiva.

Delegada Larissa Magalhães e delegado Albert Moura / Foto: Thais Souza/ GP1
A Polícia Federal divulgou uma nota à imprensa.

Confira a nota na íntegra.

A Polícia Federal no Estado do Piauí comunica que na manhã de hoje (21/06) foi deflagrada a Operação PASTOR para fazer cessar ação de grupo criminoso atuante nos municípios de São Raimundo Nonato, Dom Inocêncio e Teresina. Os trabalhos estão sendo realizados conjuntamente com a Controladoria Geral da União (CGU).

O grupo criminoso é investigado pela prática de desvio-peculato, fraudes licitatórias, corrupção ativa, e corrupção passiva. Foram desviados recursos do Ministério da Educação, Codevasf e Funasa. O prejuízo apurado até o momento ultrapassa o montante de R$ 5 milhões.

Estão sendo cumpridos mandados de prisão, de conduções coercitivas, e de buscas e apreensão, expedidos pelo Meritíssimo Juiz Titular da Subseção Judiciária Federal em São Raimundo Nonato-PI, para execução nos municípios de Teresina, São Raimundo Nonato, Dom Inocêncio, e no Distrito Federal.

Maiores informações serão dadas em entrevista coletiva marcada para as 10:30 horas na sede da Polícia Federal em Teresina-PI.

Edição: Frank Cardoso (Portal Boca do Povo)
Fonte: GP1

Nenhum comentário:

Postar um comentário