ELETRI CAR

ELETRI CAR

DIANA, SACOLÃO NEIDE E FILHO

DIANA, SACOLÃO NEIDE E FILHO

ANUNCIANTES JULHO

ANUNCIANTES JULHO

BALNEÁRIO PIRAPORA

BALNEÁRIO PIRAPORA

MADEIREIRA MOVELAR E DROGARIA PREÇO BAIXO

MADEIREIRA MOVELAR E DROGARIA PREÇO BAIXO

SKEMA 10 SET

SKEMA 10 SET

sábado, 27 de abril de 2013

MÉDICO PLANTONISTA SE NEGA A CONSULTAR CRIANÇA DE 2 ANOS E MEIO


Na tarde deste sábado dia 27 de abril de 2013, o casal Wellington Quirino popularmente conhecido como Japão e Ana Rodrigues procuraram o nosso portal para relatar o fato ocorrido no Hospital Joaquim Vieira de Brito hoje por volta das 15 hs. O casal levou a sua filha de apenas 2 anos e meio em estado febril, com dor na garganta e ouvido e vômito, o médico plantonista  chegou a receber a paciente em seu consultório e se negou a fazer o atendimento alegando que não seria caso de urgência, segundo a mãe o médico disse a ela que esperasse para ser atendida na segunda-feira e que o mesmo não atenderia no momento, a mãe revoltada perguntou ao médico o que seria urgência para ele? O mesmo se negou a responder e saiu deixando a mãe sozinha no consultório.
O casal foi obrigado a se dirigir ao município vizinho de Piracuruca para procurar atendimento para sua filha. A família pede ao gestor do município e o Secretário Municipal de Saúde que tome as devidas providências para que isso não volte a acontecer. Sendo que o hospital é o único centro de atendimento do município, porque  que os postos de saúde só funcionam de segunda a sexta.
Ficam as perguntas: Esse  é o tipo de médico que o gestor contrata para atender a população de Cocal, já que as promessa de campanha era melhorar a qualidade da saúde  oferecida a população?
O que seria urgência para o médico de plantão? Cabeça quebrada, perna ou braço, ataque cardíaco, AVC? Que geralmente nesses casos todos são encaminhados para o Dirceu Arco Verde em Parnaíba. 
O município paga esses médicos de finais de semana apenas para encaminhar pacientes para Parnaíba?

Nenhum comentário:

Postar um comentário