ELETRI CAR

ELETRI CAR

DIANA, SACOLÃO NEIDE E FILHO

DIANA, SACOLÃO NEIDE E FILHO

BALNEÁRIO PIRAPORA

BALNEÁRIO PIRAPORA

MADEIREIRA MOVELAR E DROGARIA PREÇO BAIXO

MADEIREIRA MOVELAR E DROGARIA PREÇO BAIXO

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Após manifestação popular, juiz esclarece a apuração dos votos em Pio IX

O juiz José Eduardo Couto, responsável pela 29ª Zona Eleitoral, esclareceu a apuração das urnas eletrônicas em Pio IX, após a população realizar uma manifestação por quase 24 horas contra o resultado da votação no dia 2 outubro deste ano, quando os eleitores elegeram os novos representantes para os cargos de vereador e prefeito. 

Em entrevista ao Jornal do Piauí, nesta terça-feira (5), o juiz disse que Pio IX teve uma disputa bastante acirrada e a prefeita eleita, Regina Silva (PSB), venceu com apenas 88 votos de diferença.  Ela disputou com Silas Noronha (PTB), que ficou em segundo lugar, e Etinho Bezerra, terceiro lugar. 
Eduardo Couto explicou que, antes mesmo de finalizada a apuração das últimas quatro urnas, o candidato Silas Noronha, retirou-se do Cartório Eleitoral por acreditar que havia vencido a disputa.  Logo, tanto ele como parte da população comemorou a vitória. No entanto, ao final da apuração foi oficializada a vitoria de Regina.  
Couto acrescentou que o candidato que mais teve voto nas últimas quatro urnas foi o que ficou em terceiro lugar. Ele disse ainda que o candidato a vice-prefeito de Silas e o advogado da coligação estavam na sala e assinaram documento afirmando que não houve impugnação nas urnas.
“A margem entre os candidatos estava muito pequena, nós tivemos problema em uma única urna eletrônica, que não conseguiu imprimir esse boletim. Então, faltando apenas quatro urnas para concluir a apuração; o candidato que ficou em segundo lugar, Silas Noronha, estava com 109 votos na frente. O candidato Silas entendeu que havia ganho a eleição, e saiu para comemorar. Por mais que nós o chamasse, que ainda faltavam outros flash, que não tava concluído ainda. Quando se abriu os outros dois flash houve uma virada e a candidata Regina venceu com a pequena diferença de 88 votos”, explicou o juiz. O flash é o pendrive contendo o resultado da votação das urnas. 
Sobre a possibilidade de fraudar as urnas eletrônicas, Couto rebateu dizendo ser impossível. Ele também comentou sobre a manifestação dos populares que ocorreu durante todo o dia de ontem em frente à sede do Cartório Eleitoral em Picos. 
“A manifestação não partiu nem do candidato Silas Noronha, foi uma revolta popular sem qualquer fundamento. Não tem como em um Cartório Eleitoral com 30 a 40 pessoas, num intervalo de 3 minutos, fraudar uma urna eletrônica e alterar o resultado da votação. Reconheço o direito de manifestação como legitima e democrática ate o ponto que não parta para a violência”, disse. 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário